Google

sábado, 26 de janeiro de 2008

Para começar... cultura inútil!

Não sei a opinião de vocês sobre o BBB. Mas eu confesso que sempre assistia. Achava chato no início de todas as outras 7 versões, mas no final já tinha uma certa simpatia por um participante. Acontecia, não sei explicar bem ao certo. Mas parece que algumas coisas mudaram. Ou será que o programa está bem no início ainda? Ou será que cresci e percebi que é perda de tempo ver um programa como esse?

Tá bom. Eu sempre admiti e ainda admito que é perda de tempo assistir um BBB da vida. Mas fazer o que? Muitos comentam, em todo lugar, torcem, "está na moda" etc... é uma onda, e quem não cair dentro, fica sem água! Ok, já fui melhor em comparações, mas deu pra entender, não deu?

Lendo o site da Globo.com (olha o jabá gratuito!), como diariamente faço (d-i-a-r-i-a-m-e-n-t-e), vi que o resultado da prova do líder poderia ser alterado. Se poderia, e eles botaram no site, quer dizer que seria alterado, não é verdade?!?!

E eis que no programa desta noite (sexta-feira, para ser exato, 25 de janeiro de 2008), Pedro Bial anuncia que a prova era de resistência, e não de sorte. Os três últimos moicanos da prova decidiram dar uma de espertinhos (depois de quase 15 horas em cima de 'totens'), e tiraram zerinho ou um para saber quem seria o último a sair do 'toten' - e consequentemente virar líder.

Pois bem, o espertinho (não quero e nem vou mencionar o nome... direito meu, não é?) ficou com a liderança por poucas horas. A direção do programa decidiu por bem dar a liderança para a última participante que deixou o 'toten' antes dos três que brincaram de zerinho ou um.

Decisão justa? Hm.
Prova de resistência e eles decidindo na sorte pra ver quem ganharia.
Acho que a direção do programa estava certa!

Mas o melhor está por vir.
Está circulando por aí que o paredão já está armado... Com Fernando, Gyselle e Marcos. Será?
Em breve mais informações.

7 comentários:

Anônimo disse...

Concordo com cada palavra em gênero´, número e grau ;)
bj
Dada

gabriela disse...

Ah, eu ia comentar primeiro! :/
Não assisto, mas concordo quando diz sobre a 'moda'. Realmente em época de BBB, por mais que a gente não goste, não há escapatórias. Hoje mesmo quando voltava do cinema, a mãe da minha amiga falava desse acontecimento. hehehe

Não deixe de postar, mesmo que a cultura seja inútil. hahahaha

Bjo, Hel.

Lívia disse...

Eu assumo q assisto, nao tenho problema nenhum com isso...Mas que é inutil, isso é...muito! hahaha
E tbm concordo com tudo que vc disse...

E pelo visto sua teoria sobre o paredão tá cada vez mais com cara de verdade...=)

ps: adorei o layout novo!

Bjoooos

Anônimo disse...

"e quem não cair dentro, fica sem água!"

hahaha, os seus comentários são os melhores!

NANA disse...

É...
Eu assisto também.
Mas o paredão foi c/ Alê e Thaty! :o

Depois passe no meu blog, tenho dois sendo um de notícias irrelevantes, pode ser que um sirva de inspiração p/ o outro...

Bjs.!

João Pedro disse...

A mesma coisa sempre acontecia comigo. Tirando o primeiro que acompanhei desde o inicio, sempre falava que era perda de tempo e não assistia.

Mas com o tempo acabava começado a acompanhar. Não sei se era meu lado voyer aflorando ou a imersão involuntária no assunto. Só se ouve BBB pelas ruas.


Mas esse ainda (e espero que hora nenhuma) não fisgou.

Anônimo disse...

necessario verificar:)