Google

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Ainda te amo (por Helmut Leopold)

Sei que você não pode me ouvir,
Talvez também não queira me ler,
Mas de uma coisa tenho certeza: amo você...

O tempo passou, mas nada mudou,
O meu sentimento não foi coisa de momento...

O amor constrói, mas também sabe destruir,
Há muito tempo não sentia isso por alguém,
Só que você partiu, assim como meu coração...

O que vou fazer?
Como vou viver sem ter você?

Vou viver apenas,
Tentar aprender que nem tudo tem explicação,
Nem mesmo aquelas coisas que achamos fazer "com razão"...

Um comentário: